Uma aplicação para terminar o namoro, na app store? - Prestus

0800 60 Clique para ver

Uma aplicação para terminar o namoro, na app store?

 

Antes de darmos a resposta a esta pergunta que, certamente, é provocadora e polêmica,  aqui vão algumas breves reflexões acerca deste momento fantástico que vivemos: da tecnologia, das telecomunicações, dos smartphones…

A velocidade de crescimento e adoção destes aparelhos não deixa dúvidas: da mesma forma como o computador revolucionou a produtividade, iPhones, Blackberrys e muitos outros representam a nova vanguarda do trabalho à distância. É a nova era da mobilidade a serviço da produtividade.

Um dos motivos para o espantoso sucesso dessa nova geração de aparelhos, além do acesso à internet, é a vastidão de aplicativos que desenvolvedores dos quatro cantos do planeta criaram, e que estão disponíveis nas populares app stores. Seja para entretenimento e lazer, para se manter informado e atualizado sobre os principais acontecimentos do seu mercado, ou para facilitar a colaboração e a comunicação entre equipes de trabalho e clientes, existem literalmente milhões de aplicativos que atendem às mais variadas necessidades pessoais e profissionais.

A nova questão que se avizinha é: o que falta para que nos transformemos em super-homens, capazes de resolvermos tudo, com tantas ferramentas? E a resposta é simples: falta tempo!

Temos a falta ilusão de que devemos resolver tudo sozinho. Você escutará sempre: procura no Google! Resolva você mesmo… Mas a verdade é que há coisas que precisam ser resolvidas PARA você e não POR você! Você está no trânsito, atrasado para uma consulta e precisa descobrir o telefone da clínica para avisar de seu atraso. É claro que o smartphone pode ajudar, mas quer um uso mais simples do que ligar para sua secretária e pedir para ela resolver isto por você? Hoje, com o uso de Assistentes Virtuais, isto é algo totalmente acessível.

Nosso tempo é escasso demais para o desperdiçarmos improvisando tudo por que pensamos que é assim que as coisas tem que ser. Precisamos de soluções mais humanas, precisamos de usabilidade e, nisto, não existe solução melhor que aquela que é simples!

Não é a toa que os grandes fabricantes como a Apple e o Google, buscam de forma ininterrupta avançar na tecnologia de reconhecimento de voz, para que a migração do smartphone para o “smart assistant” seja tão rápida quanto possível.

Sempre seremos capazes de complicar o que temos que fazer, inclusive terminar um relacionamento, mas a pergunta que fica é complicar pra que?

PS: E admito, isto é uma das coisas que nem uma assistente virtual (acreditem, já houve casos) deveria fazer por você. Já a maioria do restante: por que não?

Alexandre Borin é CEO da Prestus, empresa pioneira em Assistentes Virtuais 24h no Brasil.

Escreva seu comentário:

Seu e-mail não será publicado.

*
*


Ultimas postagens


Julia Brentan

Fluxo de atendimento: o que é e como ele pode ajudar sua empresa

Sem categoria - 30/04/2020

 

  Entenda como ocorre o processo de atendimento dentro das empresas e como ele pode ser vantajoso para o seu negócio Muito se fala sobre a importância do atendimento telefônico para garantir a satisfação do cliente, não é mesmo?! Mas, você sabe […]

empreendedorismo dicas de como otimizar o seu negocio

Amanda Carmo

Empreendedorismo: 5 Dicas de como otimizar o seu negócio.

Qualidade de Vida do Empreendedor - 22/05/2020

 

  O que é o Empreendedorismo? Havia um tempo em que nem existia toda essa repercussão sobre o empreendedorismo, hoje, é uma realidade extremamente presente em nossa sociedade. Segundo dados da Sebrae, 98,5% das empresas do país são micro ou […]

terceirização: como este serviço pode ajudar a reduzir custos no seu negócio

Amanda Carmo

Como a terceirização do atendimento telefônico pode ajudar a reduzir custos

Produtividade - 15/05/2020

 

  A terceirização de serviços tem crescido cada vez mais no país. Segundo dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), mais de 4 milhões de pessoas são empregados de forma terceirizada, pois a mesma pode ser observada como […]