Investir em Tempo, e ganhar Qualidade de Vida: como mensurar? - Prestus

0800 60 Clique para ver

Investir em Tempo, e ganhar Qualidade de Vida: como mensurar?

Qual a medida ideal de nossa produtividade? Se formos pegar o tradicional conceito econômico, produtividade nada mais é do que a relação entre a quantidade produzida e os fatores consumidos para esta produção. Ou seja, fatores como recursos materiais, tecnologias empregadas, condições de mercado, e, claro, o componente “humano” do processo de produção.

Na Era Digital, falar deste componente humano é sinônimo de falar de Qualidade de Vida. A globalização trouxe uma série de desafios às organizações neste sentido: concorrência mais agressiva, disputa por talentos cada vez mais escassos, mudanças nos paradigmas do ambiente de trabalho e, obviamente, ampliação da noção de remuneração justa.

Em suma, hoje não basta oferecer salário. Se a empresa não conseguir justificar a sua contrapartida através da manutenção ou melhoria na qualidade de vida de seus colaboradores, é inevitável que eles migrem para outra em que enxerguem esta possibilidade.

E sem colaboradores comprometidos, o que fica comprometido é a produtividade.

Ainda assim, a dimensão financeira dessa gestão de benefícios não pode ser descuidada. Com certeza muitos líderes gostariam de poder oferecer um sem-número de benefícios aos seus colaboradores, garantindo com isso o seu comprometimento e empenho. Mas, e quando não existe verba para isso?

Neste contexto, são cada vez mais as empresas que optam por oferecer modalidades de Trabalho Flexível, ou a possibilidade de trabalhar em Home Office. Curiosamente, dados recentes mostram que são muitas pessoas estariam dispostas até a ganhar menos se pudessem trabalhar de casa e evitar suplícios diários como filas, deslocamentos, trânsito.

É aqui que se torna visível a mudança de paradigmas que está ocorrendo. Com a crescente popularização da internet, e o desenvolvimento de aplicativos e softwares voltados a atender esse perfil de profissionais, as empresas encontram novas formas de ganhar produtividade, mantendo a sua estrutura de custos dentro dos limites previamente estipulados.

Um exemplo curioso de soluções para o que expomos são os software de Gestão de Produtividade, como o Neotriad que além de nos possibilitar uma melhor organização de nossas tarefas e prioridades, permite ainda a delegação de tarefas para os Assistentes Virtuais 24h da Prestus resolverem. Exemplo de que mais produtividade para a empresa pode começar (e terminar!) com maior Qualidade de Vida para os funcionários.

Produtividade é antes de tudo, fazer melhor, pelo menor custo e o mínimo de tempo despendido. E já existem, no Brasil, soluções conjugadas de qualidade, para tornar isso possível.

Alexandre Borin
CEO da Prestus (www.prestus.com.br)

0 Comentários para "Investir em Tempo, e ganhar Qualidade de Vida: como mensurar?"

Deixe o seu comentário!

Sua opinião é muito importate para nós. Comente abaixo o que você achou sobre essa postagem e fique tranquilo, pois seu email não será exposto.

Ultimas postagens

6 dicas para atendimento ao cliente durante a Black Friday

 Alexandre Borin
Alexandre Borin
6 dicas para atendimento ao cliente durante a Black Friday

Atendimento ao cliente – 27/10/2021

Quer profissionalizar o atendimento telefônico para empresas? A secretária virtual compartilhada pode ser uma ótima opção

Leia mais
Como fazer prospecção de clientes e fechar mais vendas?

 Alexandre Borin
Alexandre Borin
Como fazer prospecção de clientes e fechar mais vendas?

Vendas – 25/10/2021

Quer otimizar seus esforços em prospectar clientes? Aqui está a melhor alternativa para a sua empresa

Leia mais