fbpx

Custos trabalhistas: ferramenta de cálculo

O Brasil ainda tem que melhorar muito, para reduzir o impacto dos custos trabalhistas nas Pequenas e Médias empresas. Os custos de se empregar um funcionário, chega a ser até 2,3 vezes maior que o salário base, ou seja, o “salário mínimo real” é de mais de R$ 1.600,00 (e, com cesta básica e plano de saúde, o custo pula para R$ 1.800,00/mês)

O gráfico-resumo abaixo, permite você localizar o “multiplicador CLT” para calcular o custo de salário + encargos), para diferentes salários base, que você tem em sua empresa. Você pode baixar uma planilha detalhada, no formato Excel, para calcular detalhadamente estes custos trabalhistas.

multiplicador-CLT

Vejamos um exemplo de uma secretária com salário base de R$ 1.200,00. Com encargos e benefício simples, seu custo será 1,8 vezes maior (R$ 2.160).

Veja neste outro artigo, que esta secretária, quando sozinha, conseguirá atender apenas 7 ligações (de 1 minuto e meio cada), na hora de pico (para um risco de 10% de perder outro cliente que ligar, na mesma hora), assim temos:

  • 28 ligações atendidas por dia (1,5 minutos/chamada), 8h00 às 12h00 e das 14h00 às 18h00 (horas de picos e de vales).
  • 82% do tempo ocioso. Sujeito à faltas e atestados. (saiba mais neste artigo sobre o custo do tempo ocioso).
  • Custo a partir de R$ 3,90 por ligação atendida (na melhor hipótese)
  • Mínimo: R$ 2.160/mês.

É por isto que o atendimento remoto do Número Mágico tem se destacado:

  • Ele atende diversas chamadas simultâneas
  • Ele atende 24 horas por dia. Imune a faltas, atestados, afastamentos.
  • Custa a partir de R$ 4,45 (até R$ 4,90) por ligação atendida.
  • Mínimo: R$ 540/mês.

Agende uma consultoria grátis com um especialista em atendimento a clientes. Será um prazer fazermos estes cálculos juntos com você!

Um abraço,
Sds! Alexandre Borin

CEO da Prestus

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *